Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Clube de Leitura da Terceira Idade - Um clube de leitura dedicado aos idosos, com escolha de títulos e palestrantes pensados para este público. A cada mês um novo livro. saiba mais

WhatsApp Image 2020-01-08 at 17.37.20

Dois encontros para conhecer e pensar a obra "Gabriela, Cravo e Canela", de Jorge Amado.

No primeiro sábado (18/1), trataremos do processo de criação do livro, sua recepção, traduções e adaptações, as diversas curiosidades envolvendo a trajetória no Brasil e no mundo. Os participantes vão compreender as diferentes fases da obra amadiana, o contexto histórico e literário do romance específico.

No segundo sábado (1/2), trataremos do livro, sua estrutura, personagens principais e secundários, dilemas, reviravoltas e desfecho. O tipo de narração, a crônica do viver baiano, o humor e o erotismo presentes. Os participantes vão poder comentar suas diferentes leituras e apreensões.

O romance de Jorge Amado já começa a nos envolver no título, com essa rima sensorial que dita os tons e cheiros que prevalecerão na narrativa de 1958. Penso que todo brasileiro talvez saiba alguma coisa de Gabriela e de Jorge, mesmo sem ter lido este e outros textos seus. É algo do inconsciente coletivo, mas também das inúmeras adaptações televisivas que fizeram da personagem um símbolo de Brasil, com seus costumes, comportamentos e paisagens. É aquela relação bastante óbvia: pensamos em Jorge Amado, pensamos na Bahia e, por conseguinte, em calor e um eterno verão todo sensual, pois Gabriela é uma viagem por sabores e desejos potencializados pelo clima quente que faz com que os corpos exibam os tons do sol e o brilho do suor e sejam, por isso, objetos da sensualidade que enreda a trama e a linguagem. As descrições evidenciam coxas, seios, braços, sorrisos, e colaboram para a criação do imaginário em torno da aparência da personagem, que é uma força instintiva da natureza e prepara quitutes que dão água na boca de qualquer leitor que já tenha experimentado os sabores baianos. Assim, em meio a vatapás e acarajés, fica-se imerso em uma prodigiosa Ilhéus, com sol e chuva, noites de luar e aquela sensação delícia de quem acabou de hidratar a pele quente após um dia de mar. Não há maneira de ler Gabriela e não se imaginar em uma atmosfera tropical e delirante de leveza e complacência, deitada numa rede ou tomando banho de bica.

Josélia Aguiar é jornalista, mestre em História pela USP, biógrafa de Jorge Amado, ex-curadora da Flip e atual diretora da Biblioteca Mário de Andrade.

Errata: Ao contrário do que foi divulgado nas revistas E e Em Cartaz de janeiro, a atividade ocorrerá dias 18/1 e 1/2.

Acesso livre, sujeito à lotação do espaço.

Local: Biblioteca (15º andar)

(Foto: Ludmila Almeida)

Literatura

Leituras de Verão - Gabriela, Cravo e Canela Com Josélia Aguiar L

Essa atividade aconteceu em 01/02/2020 no Sesc Avenida Paulista.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Programação e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo