Sesc SP

postado em 11/03/2020

Quadro a quadro

hq-pequena-historia-quadrinhos-dest

HQ: uma pequena história dos quadrinhos para uso das novas gerações percorre as possíveis origens e transformações que marcaram a trajetória de uma linguagem que segue conquistando uma legião de fãs

 

O público adolescente, nascido a partir dos anos 2000, chegou ao mundo numa época em que a internet já era uma realidade. Parte desta geração, urbana e conectada, conheceu um cotidiano que se revela de modo cada vez mais mediado pelas redes sociais, blogs, vídeos, fanfics, jogos, séries, músicas, livros, TV, rádio, jornais, revistas, filmes ou, bem resumido, pelos diferentes meios de comunicação que seguem concorrendo para a nossa "apreensão" da vida cotidiana.

Olhar para estes meios, visitar a história de seu desenvolvimento, compreender as particularidades de sua linguagem e narrativa, debruçar-se sobre seu alcance, sua influência e as transformações que eles a um só tempo geram e refletem, parece ajudar-nos a observar parte da dinâmica da nossa sociedade. Desse modo, as Edições Sesc se propõem a lançar esse olhar a partir de uma série de e-books voltados à compreensão dos meios de comunicação e seu papel transformador nas sociedades contemporâneas.

Organizada por Tiago Ferro, a coleção Deslocamentos estreia com o título HQ: uma pequena história dos quadrinhos para uso das novas gerações, do jornalista Rogério de Campos. No livro, o autor dedica-se a percorrer as possíveis origens e transformações que marcaram a trajetória da linguagem dos quadrinhos. Através de uma imersão nesse território, considerando referências que vão desde as sagas ilustradas do século V a.C. até as graphic novels mais recentes, os quadrinhos são apresentados em caminhos narrativos que tecem passagens, tanto de mitos e fábulas, quanto de tramas cotidianas e limites nos quais esbarra a civilização.

 


O livro Les Amour de Mr. Vieux Bois, do suíço Rodolphe Töpffer, marca o nascimento da moderna HQ | Foto: reprodução

 

No texto em que apresenta a obra, Tiago observa que o livro de Rogério de Campos insere o leitor no campo mais amplo da história da cultura ao passar por nomes como “Bob Dylan, Sex Pistols, Picasso, Super-Homem, revista Mad, Asterix, Roberto Marinho e Victor Civita, Mickey Mouse, Hemingway, James Joyce e Bertold Brecht, Peppino di Capri, Andy Warhol, Lacan e a Escola de Frankfurt, os Panteras Negras, FBI, Nixon, Moebius, Druillet, Alain Voss, Marvel, Turma da Mônica, Frank Miller, Jeff Bezos (...).”

Com a propriedade de atrair públicos distintos, em diferentes etapas da vida, o fascínio exercido pelos quadrinhos segue conquistando uma legião de fãs. HQ: uma pequena história dos quadrinhos para uso das novas gerações chega às lojas virtuais não só para os aficionados, mas também para quem se interessa pelo assunto, mas nunca mergulhou nesse universo. Além disso, outras questões caras à cultura contemporânea serão trazidas à tona por meio do próximo lançamento da coleção Deslocamentos: está sendo editado um ensaio sobre as mídias digitais, escrito pelo professor Sergio Branco. É só aguardar.

 


HQ
uma pequena história dos quadrinhos para uso das novas gerações

Rogério de Campos
Coleção Deslocamentos
2020 | Livro Digital
ISBN 978-85-9493-198-6
 

À venda na loja virtual ou aplicativo de sua preferência:

:: Amazon
:: Apple iBooks Store
:: Google Play Livros
:: Kobo
:: Wook