Sesc SP

postado em 19/07/2019

Pós-fotografia, pós-cinema

Imagem do vídeo Timeless (2011), de Kátia Maciel.
Imagem do vídeo Timeless (2011), de Kátia Maciel.

      


Coletânea reúne artigos de pesquisadores e artistas do Brasil, França, Bélgica e Canadá sobre práticas e desafios em meio às imagens contemporâneas


Até que ponto a tecnologia transforma os limites do que conhecemos como imagem? Se antes, na era analógica, a fotografia podia ser considerada um documento da realidade, hoje, ao se tornar um arquivo digital e facilmente manipulável, ela tem mais do que nunca o poder de criar uma nova e absolutamente imaterial realidade.

Da mesma forma, o cinema se transforma na medida em que o filme, seu suporte físico de produção, torna-se digital. Além disso, as ferramentas para produção e exibição dessas imagens se multiplicam e se tornam cada vez mais acessíveis: hoje, elas estão nas telas dos computadores, tablets e celulares.

Com a proposta de fomentar a discussão a respeito dessa expansão do universo imagético, o livro Pós-fotografia, pós-cinema: novas configurações das imagens reúne artigos produzidos por pesquisadores, artistas e professores para o colóquio internacional “Pós-cinema, pós-fotografia: o devir das imagens contemporâneas da arte”, realizado em 2014 na Universidade Federal do Ceará (UFC).

Organizada por Beatriz Furtado e Philippe Dubois, a coletânea apresenta perspectivas de autores brasileiros, franceses, canadenses e portugueses sobre as práticas e desafios em meio às imagens contemporâneas, abordando aspectos como a historicidade dos dispositivos de imagens, a obsolescência tecnológica, o entrecruzamento entre diferentes campos da produção artística e o uso de imagens no campo pedagógico.

Fruto do esforço conjunto de pesquisadores da Université Sorbonne Nouvelle – Paris 3 e do Programa de Pós-graduação em Comunicação da UFC, a obra é publicada também na França pelas Éditions Mímesis.


SOBRE OS ORGANIZADORES

Beatriz Furtado é graduada em comunicação pela Universidade Federal do Ceará e mestre em comunicação pela Universidade Autônoma de Barcelona. É doutora em sociologia pela Universidade Federal do Ceará, com estágio na Universidade de Lisboa. É autora de Imagens eletrônicas e paisagem urbana (Relume-Dumará, 2003), Cidade anônima (Hedra, 2004) e O intensivo no cinema de Sokurov (Forense, 2013), e organizadora, junto com Daniel Lins, da coletânea Fazendo rizoma: pensamento contemporâneo (Hedra, 2008).

Philippe Dubois é professor no Departamento de Cinema e Audiovisual da Universidade de Paris 3 – Sorbonne Nouvelle e pesquisador do Instituto Universitário da França. Publicou diversos livros e artigos sobre fotografia, cinema e vídeo, dentre os quais O ato fotográfico (1983), Cinema, vídeo, Godard (2004) e La question vidéo: entre cinéma etart contemporain (Exhibitions International, 2012). É organizador de coleções como Arts et cinéma, DeBoeck e Cinéthésis.


Veja também:

:: trecho do livro

 

*Serviços:

o que:

Lançamento do livro Pós-fotografia, pós-cinema: novas configurações das imagens na XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará 

Sessão de autógrafos com a organizadora da obra Beatriz Furtado. 

onde:

Estande Editora Senac | Centro de eventos do Ceará | Av. Washington Soares, 999 - Fortaleza – CE.

quando:

24 de agosto de 2019, sábado, às 17h.

quanto:

Grátis. 

 

Produtos relacionados