Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Conheça os bastidores da exposição ‘Diretores em Retrato - Registros de Ludovic Carème’ em cartaz no CineSesc

Alguns dos cineastas homenageados na exposição<br>Fotos: © Modds
Alguns dos cineastas homenageados na exposição
Fotos: © Modds

A mostra traz retratos intimistas e por vezes surpreendentes de cineastas renomados, a partir de 18/outubro, no hall do cinema

José Mojica Marins (Zé do Caixão), David Lynch (EUA), Eduardo Coutinho (BR), Woody Allen (EUA) e Suzana Amaral (BR) são alguns dos cineastas que agora frequentam o hall do CineSesc. Estes são apenas alguns dos grandes diretores retratados pelo fotógrafo francês Ludovic Carème e reunidos sob a curadoria do professor e crítico de arte João J. Spinelli.

O curador e o fotógrafo se encontraram pessoalmente pela primeira vez apenas durante a montagem da exposição, quando todo o processo de criação e escolha dos retratos já estava finalizado. Antes disso, João conta, o trabalho falou por si só e a escolha das fotos aconteceu naturalmente, baseada em cada resultado que Ludovic obteve dos diretores frente à sua câmera. Como ele conta no texto de abertura do catálogo da exposição, o ponto de partida para a mostra foi o retrato do diretor Michael Haneke no Festival de Cannes em 1997, quando apresentava o filme ‘Funny Games’.

Foi no mesmo ano, na França, que o fotógrafo Ludovic Carème começava a se especializar em fotografias do mundo do cinema, retratando diretores e atores em encontros reservados nas conferências de imprensa e lançamentos de filmes.

Um retrato do fotógrafo

Apaixonado por cinema desde a infância, Ludovic costumava trocar a escola pela sétima arte em plena luz do dia. Ele explica que, para conseguir retratos ora descontraídos, ora definidores de cada cineasta, sua única exigência é ter um momento de intimidade com o personagem. “Você só consegue se manter no foco de atenção de uma pessoa por cerca de 25 ou 30 minutos. Mais do que isso é difícil, para mim, conseguir um retrato com naturalidade e intimidade”, explica o fotógrafo.

Além dos minutos trocados entre ele e o personagem, Ludovic por muito tempo investiu em câmeras analógicas para conseguir o efeito desejado. Foram cinco anos de estudos e testes do analógico para o digital, e esse processo acabou por deixá-lo habituado a fazer no máximo ‘três rolos’ de fotos em cada sessão, mesmo que digitais. Contudo, a escolha da imagem definitiva é o que mais toma o tempo do fotógrafo.

Ludovic está radicado no Brasil desde 2007, mas foi por ocasião da exposição no CineSesc que começou a conhecer os grandes nomes do cinema nacional. “Procurei ver os filmes de cada diretor antes das sessões de foto, o Mojica foi super divertido… Valeu a pena conhecer cada um deles!”, comenta.

A mostra

A exposição é um evento especial da 37ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo e fica aberta ao público no hall do CineSesc a partir de 18 de outubro, sempre das 14h às 21h30.

Veja, a seguir, algumas fotos dos bastidores da exposição:

o que: Exposição 'Diretores em Retrato - Registros de Ludovic Carème'
quando:

de 22/outubro até 30/dezembro

onde:

CineSesc

Outras programações