Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Tempo de desafios: a atividade física no cuidado com a saúde mental

Neste ano tão desafiador em que o mundo enfrenta a pandemia de COVID-19, se tornou ainda mais relevante falar dos cuidados com a saúde mental. A quarta edição do projeto Inspira – Ações para uma vida saudável apresentou uma série de reflexões sobre este tema a partir de um olhar para o indivíduo como um ser integral, estimulando a autonomia e o protagonismo na promoção da saúde e do bem-estar.

Os riscos de contaminação, as incertezas do mercado de trabalho, os sentimentos provocados pelo distanciamento social, as tristes notícias e o luto de tantas perdas. São muitas as fontes de estresse que atingem a cada um de diferentes maneiras e intensidades. Após mais de um ano de pandemia, ainda é difícil mensurar os impactos causados não só na saúde física, mas também na saúde mental das pessoas.
 
Um estudo preliminar, realizado pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro em parceria com a Universidade de Yale, avaliou 1.460 brasileiros e mostrou que, após um mês de quarentena, ocorreu um aumento de 40% no nível de estresse agudo, de 71% na ansiedade e de 90% no nível de depressão. Preocupada com estes dados crescentes, a Organização Mundial da Saúde desenvolveu um guia com alguns cuidados importantes para a saúde mental durante este período pandemia. Dentre as várias dicas, estão o exercício da empatia e da solidariedade, o apoio mútuo, o diálogo e cuidado com as crianças e idosos, a prática do autocuidado com a alimentação, a rotina de trabalho e a inserção das atividades físicas no cotidiano. Você pode ler as informações completas neste link, mas destacamos aqui algumas das principais dicas:

 

• Demonstre empatia com todos os afetados. Não há qualquer relação da doença com uma etnia ou nacionalidade. Todos merecem apoio, compaixão e gentileza.

• Reduza a leitura ou o contato com notícias que podem causar ansiedade ou estresse. Busque informação apenas de fontes fidedignas e evite o bombardeio desnecessário de informações.

• Projeta a si próprio e apoie os outros ajudando-os em seus momentos de necessidade. A assistência a outros em seu momento de carência pode ajudar a quem recebe o apoio como a quem dá o auxílio.

• Se você é um profissional que sente pressão de lidar com a situação, cuide de você. Tente utilizar métodos para lidar com a situação, como fazer pausas e descansar entre os seus turnos de trabalho e até mesmo tirar um momento dentro do expediente. Tenha atenção ainda aos alimentos que você consome para manter uma dieta saudável, faça exercícios físicos e fique em contato com a família e com os amigos. Evite formas errôneas de lidar com o estresse como o uso de tabaco, álcool ou outras drogas.

• Se você é um líder de equipe, tente manter todo o pessoal protegido de estresse crônico e de uma saúde mental precária para que possam desempenhar seu trabalho da melhor maneira. Tente focar no longo prazo em vez de respostas de curto prazo para a crise.

• Ajude as crianças a expressarem seus medos e ansiedades de forma positiva. Cada criança tem sua própria maneira de fazê-los. Atividades criativas, jogos e desenhos podem ajudar. Mantenha as rotinas familiares sempre que possível e crie novas rotinas, principalmente com as crianças em casa. Pense em atividades lúdicas e pedagógicas para fazer com elas. Sempre que possível, incentive as crianças a continuarem brincando e se sociabilizando com os outros, mesmo que somente na família por causa do distanciamento social no momento.

• Se você é idoso, aprenda exercícios físicos simples para fazer em casa e não reduzir a sua mobilidade durante o isolamento e a quarentena. Além disso, mantenha rotinas e tarefas regulares sempre que possível e crie novas, como atividades diárias de limpeza, canto, pinturas e outras.

• Fique em contato e mantenha sua rede de amigos e conhecidos. Se é preciso isolamento, mantenha a proximidade pelo telefone ou internet.

• Durante esse período de estresse, esteja atento aos seus sentimentos e demandas internas. Envolva-se com atividades saudáveis e aproveite para relaxar. O exercício físico, o sono regular e uma alimentação balanceada também ajudam.

 

Considerando os benefícios que a prática de atividades físicas promovem não apenas para a saúde física, mas também para o bem-estar psicológico, o Sesc São Caetano realizou a atividade on-line Desafio Inspira: 10 dias de atividade física na busca pela saúde mental. O objetivo foi apresentar 10 práticas diferentes para inspirar o público participante a inserir algumas destas atividades em seu cotidiano: capoeira, dança meditativa, ginástica postural, corrida, pilates, alongamento, protocolo tabata, ritmos, yoga e ginástica para todos. 

Esta diversidade de práticas proporcionou uma livre experimentação para que o público encontrasse qual a atividade que tinha mais afinidade. E que tal você descobrir a sua? As aulas continuam disponíveis para quem quiser se desafiar em busca do bem-estar e da saúde!

É só dar o play e bom desafio!

 

Outras programações