Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Como seremos no futuro?

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Um novo ano se inicia e, como sempre, fazemos muitos planos e temos muitos desejos. Com a cantora Vania Abreu não foi diferente. Aliás, um tanto quanto especial. Depois de alguns anos sem dar o ar de sua graça, ela retorna aos palcos com “Venturo”.

E você sabe o que isso significa?
Como seremos no futuro?
Quem seremos?
No que vamos acreditar?

Venturo é sinônimo de futuro, do que está por vir. E Vania volta aos palcos com o desejo de mover perguntas como essas e sentimentos que esquecemos. Ela mostra como vê o mundo e nos convida principalmente a pensar no venturo,
no que está por vir através da música. De sua música. Cada canção apresentada tem um toque especial e faz a interprete pensar e repensar cada instrumento.

A irmã de Daniela Mercury não pode ser lembrada apenas assim. Tem uma carreira marcante e sempre gravou com os bons e novos compositores, e garimpou músicas de compositores consagrados. Também fez músicas e parceria com a irmã, apesar de terem estilos diferentes. Foi uma das primeiras cantoras a gravar Chico César, Carlos Careqa, Lucas Santana, Marcelo Quintanilha e Zeca Baleiro, entre outros.

Por meio da escolha das canções, do roteiro, de frases e arranjos vemos uma artista que dialoga com os desafios de seu tempo, quando nos faz pensar no que “está por vir”.

No repertório do novo show, uma seleção de canções gravadas em seus 7 discos de carreira, além de novas leituras para clássicos  “Quizas, Quizas, Quizas” (1947), de autoria do cubano Osvaldo Ferrès, e “Samba de uma nota só” (1962), de Tom Jobim e Newton Mendonça. Além de canções inéditas, que pretende lançar ainda este ano.

A direção artística e musical é da própria Vania, que assina seu show e traz mais personalidade para este trabalho.

No dia 20 de janeiro, ema sobe ao palco acompanhada por João Cristal no teclado, Xinho Rodrigues no contrabaixo e Chrys Galante na percussão com a pergunta que não quer calar... Como seremos no futuro?
 

Outras programações